terça-feira, 15 de dezembro de 2015

SURF

Filipinho, Fanning e Mineirinho surfam para levarem título mundial nesta terça

Em caso de disputa da 3ª fase, três melhores do ranking têm chance de fecharem o dia levantando o troféu de campeão da temporada 2015 do Circuito Mundial de surfe

Por Direto de Oahu, Havaí
Adriano de Souza Mineirinho, Fanning, Filipe Toledo Filipinho troféu Pipeline surfe (Foto: Divulgação/WSL)Mineirinho, Fanning e Filipinho posam com o troféu de campeão mundial (Foto: Divulgação/WSL)
Esta terça-feira, dia 15 de dezembro, pode ser o dia da coroação do campeão mundial de surfe de 2015. Dois brasileiros (Filipe Toledo e Adriano de Souza) e um australiano Mick Fanning podem fechar o dia com o cobiçado caneco disputado ao longo de 11 etapas ao redor do planeta neste ano. Para que isso aconteça, primeiramente, o evento de Pipeline, no Havaí, precisa ser retomado em sua terceira fase nesta terça. As previsões de maré indicam que isso vai acontecer a partir das 16h (de Brasília) ou algumas poucas horas depois. 
Com o andamento do terceiro round, Filipinho levantará o caneco mesmo se for derrotado pelo havaiano Mason Ho, na bateria 7, caso Mineirinho, Mick, Gabriel Medina e Julian Wilson não vençam os seus confrontos. No caso de Adriano e Fanning, eles precisam ser o único dos cinco candidatos ao título a vencer.
- Eu sei que posso ser campeão caso os outros concorrentes ao título sejam derrotados. É uma chance, mas eu prefiro não ficar pensando nisso. Vou fazer o meu trabalho, vencer minha bateria e depois eu penso no que pode acontecer - disse Filipinho.
Caso seja eliminado na terceira fase, Toledo só continuará vivo na luta pelo seu primeiro título mundial se Mineirinho e Fanning também caírem. Nesta situação, o caçula da elite estacionaria nos 50.950 pontos e passaria a secar Gabriel Medina, que conquistaria o bicampeonato alcançando a final (51.600), e Julian Wilson, que se fosse vencedor da etapa de Pipeline pelo segundo ano seguido iria aos mesmos 50.950 e, caso Medina não terminasse como vice, forçaria uma bateria extra com Filipinho para definir o campeão do Circuito Mundial de 2015.
Dos confrontos da terceira fase, teoricamente, quem terá a parada mais dura é o tricampeão Mick Fanning. Em um duelo de veteranos, ele enfrentará na bateria 6 o ídolo local de Pipeline Jamie O’Brien, que atua como convidado do evento e levantou o troféu da edição de 2004. Em uma escala de dificuldade na sequência vem o embate de Medina contra Jordy Smith. Vice-campeão mundial em 2010, o sul-africano deixou de disputar cinco etapas desta temporada por estar lesionado e ocupa a 29ª colocação do ranking, mas merece muito respeito. O adversário de Filipinho, o havaiano Mason Ho não se formou nas ondas de Pipe, porém tem muita experiência no pico. Aparentemente, quem terá vida mais fácil é Adriano de Souza, cujo rival é o australiano naturalizado irlandês Glenn Hall, apenas o 32º do mundo e já sem chance de continuar na elite em 2016.
- Espero que o Jamie possa fazer a parte dele e eliminar o Mick. Não seria nada mal, ele conhece muito a onda de Pipe, é o dono daqui e pode vencer qualquer um. Mas eu vou fazer a minha parte também - comentou Mineirinho.
Adriano de Souza Mineirinho - etapa 11 circuito mundial de surfe pipeline havaí (Foto: Márcio Fernandes/Estadão)Mineirinho pode conquistar seu primeiro título após dez anos no Circuito Mundial (Foto: Márcio Fernandes/Estadão)
Se as combinações que podem encerrar a disputa não acontecerem nesta terça-feira, a definição do título provavelmente será já nesta quarta. A WSL quer aproveitar o melhor dia de ondulação, segundo a previsão da semana, para encerrar a temporada em alto estilo, com ondas da melhor qualidade.
- A intenção da WSL é realizar o round 3 e entrar no round 4 nesta terça para depois fechar o campeonato na quarta, com as melhores ondas da semana. Mas a consistência e o tamanho do swell vão determinar se isso será possível - explicou o vice-comissário da WSL Renato Hickel.
OS MAIS NOVOS CAMPEÕES MUNDIAIS DE SURFE
1. Kelly Slater (EUA) - 20 anos e 257 dias, em 1992
2. Gabriel Medina (BRA) - 20 anos e 363 dias, em 2014
3. Tom Curren (EUA) - 21 anos, em 1985
4. Damien Hardman (EUA) - 21 anos e 11 meses, em 1987
5. Tom Carroll (EUA) - 22 anos, em 1993
6. C.J. Hobgood (EUA) - 22 anos, em 2001 e 9 meses
7. Martin Potter (ING) - 24 anos, em 1989
8. Andy Irons (HAV) - 24 anos e 8 meses, em 2002
9. Mick Fanning (AUS) - 26 anos, em 2007
10. Derek Ho (HAV) - 29 anos, em 1993
BATERIAS DA TERCEIRA FASE
1. Gabriel Medina (BRA) x Jordy Smith (AFS)
2. Bede Dubidge (AUS) x Keanu Asing (HAV)
3. Italo Ferreira (BRA) x C.J. Hobgood (EUA)
4. Kelly Slater (EUA) x Michel Bourez (TAI)
5. Mick Fanning (AUS) x Jamie O'Brien (HAV)
6. John John Florence (HAV) x Taj Burrow (AUS)
7. Filipe Toledo (BRA) x Mason Ho (HAV)
8. Joel Parkinson (AUS) x Kai Otton (AUS)
9. Jeremy Flores (FRA) x Sebastian Zietz (HAV)
10. Julian Wilson (AUS) x Adam Melling (AUS)
11. Josh Kerr (AUS) x Adrian Buchan (AUS)
12. Adriano de Souza (BRA) x Glenn Hall (IRL)
AS CHANCES DE TÍTULO DE CADA UM
Mick Fanning é campeão mundial se:
- vencer a etapa
- chegar em 2º e Toledo e Mineirinho não vencerem
- chegar até a semifinal, Toledo não passar das quartas e Mineirinho da semifinal
- chegar até as quartas, Toledo não passar da 5ª fase e Mineirinho das quartas
- chegar até a 5ª fase, Toledo não passar da 3ª fase, Mineirinho da 5ª fase, e Medina não vencer
Filipe Toledo é campeão mundial se:
- vencer a etapa
- chegar em 2º e Fanning e Mineirinho não vencerem
- chegar até a semifinal e Fanning e Mineirinho não passarem da semifinal (caso Mineirinho seja 2º haverá bateria de desempate)
- chegar até as quartas, Fanning não passar das quartas e Mineirinho da semifinal
- chegar até a 5ª fase, Fanning não passar da 5ª fase, Mineirinho das quartas e Medina não vencer a etapa
- chegar até a 3ª fase, Fanning e Mineirinho não passarem da 3ª fase, Medina das semifinais e Julian não vencer a etapa (se Julian vencer a etapa, haverá bateria desempate)

Adriano de Souza é campeão mundial se:
- vencer a etapa
​ ​- chegar em 2º, Toledo não passar das quartas e Fanning da semifinal (caso Toledo pare na semifinal, haverá bateria de desempate)
- chegar até a semifinal, Toledo não passar da 5ª fase e Fanning das quartas
- chegar até as quartas, Toledo não passar da 3ª fase, Fanning da 5ª fase e Medina não vencer a etapa
- chegar até a 5ª fase, Toledo e Fanning não passarem da 3ª fase e Medina não vencer a etapa

Gabriel Medina é campeão mundial se:
- vencer a etapa, Toledo não passar da 5ª fase e Fanning e Mineirinho não passarem das quartas
- chegar em 2º, Toledo, Fanning e Mineirinho não passarem da 3ª fase
Julian Wilson é campeão mundial se:
- vencer a etapa, Fanning e Mineirinho não passarem da 3ª fase, e Medina da semifinal. Caso essas combinações aconteçam e Toledo pare na 3ª fase haverá uma bateria de desempate entre os dois.

0 comentários:

Postar um comentário